Aquilo que chamamos de amor (Capitulo V)

27 outubro 2010

Abri a porta e naquela hora eu tive certeza de que algumas coisas são realmente destino, Alice minha melhor amiga estava na porta, com um pote de sorvete de chocolate na mão.
- Julia, o que aconteceu? Porque você está chorando?
Abracei ele, tudo que eu precisava naquele momento era de colo de melhor amiga, e como se ele tivesse sentido isso apareceu na frente da minha casa, minhas lágrimas caiam sem parar eu não conseguia falar, e Alice não se importava, no momento, ela não queria ouvir.
- Ju, olha pra mim.
Olhei para ela, ela estava me olhando com a cara que minha mãe fazia quando estava sem entender nada, dei risada e comecei a falar. Contei tudo o que tinha acontecido, nos mínimos detalhes, mas Alice não demonstrava emoção, ela simplesmente me olhava de um jeito que bom, eu nunca tinha visto antes.
- Entendeu Lice? Ele não ligou mais desde então.
- Ju, o Derik foi embora, eu achei que você já sabia.
Naquele momento meu mundo desabou, eu não acreditava, porque ele fez isso comigo? Será que ele é mesmo sem sentimentos? será que o tempo todo eu estava certa? Será que tudo entre nós não significou nada pra ele?
- Como assim foi embora?
- Ju, ele ia embora, eu achei que você sabia. O Derik vai ficar 6 meses no Canadá.
- Porque ele fez isso comigo Alice? Porque?
Eu estava odiando o Derik, para mim ele não precisava nunca mais aparecer na minha frente, o que ele fez ninguém devia fazer, ele brincou com meus sentimentos como brincava com carrinhos quando era criança. A Alice resolveu passar a noite em casa, segundo ela eu não estava em condições de ficar sozinha, e foi bom, mas como sempre, dormir não era fácil, ainda mais com lágrimas caindo, meu travesseiro secava cada uma delas, até eu adormecer...
No dia seguinte eu acordei anestesiada, para mim nada iria me atingir, nada ia me deixar no chão, até porque eu já estava lá.
- Ju, vou pra casa tá?
- Pode ir Alice, obrigada por dormir aqui.
- Por nada. Fica bem tá amiga?
- Vou ficar.
Não, eu não ia ficar bem, meu coração estava quebrado, minha virgindade tinha ido embora, e o cara que eu amava também. As horas não passavam, eu olhava no relógio e quando parecia ter passado horas e horas tinham passado apenas minutos, eu sabia que ia ser difícil, e eu sabia também que ia demorar pra passar, a dor que eu estava sentindo não ia acabar com o tempo, até porque o tempo não acaba com as dores.
Derik não saia de meus pensamentos, muito menos do meu coração, eu sabia que o melhor a fazer era odiá-lo assim eu ia sentir algo por ele sem ser amor.
Meu note havia ficado ligado, fui lá para ver o que estava acontecendo pelo mundo virtual, Breno tinha me chamado um milhão de vezes, fui falar com ele. Desabafei, naquele momento eu sabia que Breno era especial, eu sabia que ele seria meu amigo, e eu sabia também que ele não ia poder estar comigo pra me ajudar a levantar daquela fossa, afinal, ele morava a 200km de distância, e cá entre nós, não é nada perto.
O tempo foi passando, minhas conversas com Breno foram aumentando, nossa amizade também, Derik passava menos por meus pensamentos, mas sempre aparecia em meus sonhos, eu ainda desejava ter ele ali comigo, eu queria sentir seu toque de novo, eu queria ouvir o som da sua voz dizendo que me amava, mas como todos sabem, querer não é poder.
                                         1 mês depois ...
(...) Continua (...)

12 comentários:

  1. *---------------------------*
    Beautifuuuul,amaaazing, fantastic !
    Could you keep on the story, please ? Thanks !

    ResponderExcluir
  2. aaaaaaah, eu quero que continue logooooo ! HAHAHA

    ResponderExcluir
  3. Eu tô muuuuito viciada nessa história :D

    ResponderExcluir
  4. muuuito lindo quero ler o resto todu dia entro pra ver se vc colocou ja a historia inteira e pensar que tenho que esperar todo dia pra ler um capitulo me da uma raiva ;x mais estou amandoo *-*

    ResponderExcluir
  5. continua logo viciei

    ResponderExcluir
  6. aa que lindo, comecei a ler hoje, estou amando, nao vejo a hora de ler o rpoximo post, nao vou conseguir ler apenas um por dia ;/
    Parabens *-*

    ResponderExcluir
  7. ainn queroo muitoooo leeer o outro capituloooo *-*
    Viiiicieeeii *-* ameeeeeeeeeei !

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaaaaaaai eu ameeeeeeeeeeei *-* muuito perfeito!

    ResponderExcluir
  9. Eu to mt viciada nessa história dois, cara, essa história é minha CTZ ! alguem aqui lê pensamentos ? ou roubaram meu diário ?

    ResponderExcluir
  10. Nossa
    ta ficando cada vez melhor !!! =D
    Continua logo .... hehehe

    ResponderExcluir
  11. nao vejo a hora de : aquilo que chamamos de amor VI , mano essa historia é mt linda eu vicei ja li ela 7 veses e nas 7 veses eu choro !

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Aquilo que chamamos de amor (Capitulo V) © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!