Os Segredos e Mistérios de Elisabeth ( 5º Capítulo )

04 janeiro 2011

- A.. Augusto? Acho que estou em choque porque não consigo pronunciar mais uma palavra sequer, estou imovel, falando só com meus pensamentos.




- Elisabeth, minha querida! Desculpe vim ser avisar, mais já estava passada da hora de nosso reecontro você não acha?



- Err.. Não eu NÃO ACHO, como ousa ainda pronunciar o meu nome? Como ousa vim me procurar, você é um escroto, eu odeio você, saia já da minha casa! Minhas emoções vieram a tona e o que eu queria falar a muito tempo se revelou em questão de segundos, eu não sei o que houve, mais gostei da Lisa que se manifestou.



Só agora percebo que Augusto está em choque, afinal eu nunca falara desse jeito com ele antes, ou melhor com ninguém. Sera que fiz errado? Não definitivamente o errado da historia era ele e mamãe ia adorar isso.



- Perdoa-me se fores capaz, se ainda continuas a Lisa maravilhosa que eu conhecia, eu errei e muito, confesso, sou culpado, não mereço o seu perdão mais eu necessito dele, eu não sou mais o mesmo depois de tudo que nos aconteceu, acredite em mim meu amor.



Derrepente vi Guto aos meus pés, chorando como eu nunca o tinha visto antes, me sentindo obrigada a fazê-lo entrar e lhe servir uma água com áçucar. Suas mão tremiam e eu o senti tão vulnerável e me deu uma vontade louca de abraça-lo enquanto ele se alcalmava, mais me conti.



Decidi falar, não daquele jeito, afinal guto não parecia estar bem e mesmo merecendo não iria fazer isso com ele de novo.



- Augusto eu mudei.. junto com muitos pertences que ficaram na minha casa no interior, ficou muito de mim também, minha inocencia, muitos dos meus valores, minha alegria e você sabe que tudo isso foi você que me tirou.



- Sim, eu sei ..



- Se acalme e me escute! Não tenho mais 15 anos, não vou mais lhe jurar amor até a morte e nem me entregar de corpo e alma pra você e suas promessas, você sabe das consequencias. Sei que foi você o dono de todos aqueles bilhetes e a ajuda nas minhas finanças, fico muito agradecida, mais logo arranjarei um emprego e vou lhe devolver cada centavo.



- Não Lisa, eu não quero o seu dinheiro, lhe dei de coração, eu sei que você faria o mesmo por mim, não aceitarei nada de volta, por favor.



- Você me conhece Guto perdão Augusto, sou muito honesta e não vou viver nas costas dos outros, uma das coisa que mamãe me ensinou e eu guardo até hoje.



- Não meu amor, você sabe o quanto eu amo quando se refere a mim por Guto, me lembra dos nossos bons tempos que deveriam ter durado para sempre.



- Augusto eu já não acredito mais em contos de fadas e o passado só me traz más lembranças.



- Mas, mas nem quando eu lhe tocava os labios e o nosso corpo se formava um só em ondas de prazer?



Engoli seco, isso tudo mexia muito comigo, ele sabia como me desnortia. Não eu não posso me deixar levar, não por ele.



- Augusto pare com essa série de perguntas e explicações sem fundamentos. Eu não sei se você percebeu mais na minha vida não tem mais lugar pra você, ela se desfez totalmente do que era, a Lisa que você conhecia se tranformou em cinzas por sua causa, mais volto delas muito melhor e mais sábia, portanto não venha com palavras que minha audição já está cansada de escutar.



- Ok. Como você quiser meu amor.. perdão, Elisabeth. Sei o quanto errei mais eu posso jurar que cada segundo da minha vida foi de arrependimento e cada lagrima que saia dos meus olhos tinham sabor de sangue, fico pensando que nem mesmo com o seu perdão eu poderia perdoar a mim mesmo.



Era estranho ver guto agindo dessa maneira, afinal aquele menino um tanto arrogante não parecia o que estava na minha frente humilhado e abatido.



- Eu ainda não consigo lidar com isso Augusto e espero que você entenda e não volte mais a aparecer e nem manter qualquer contato comigo, vai ser melhor assim, por favor.



- Espere.. eu preciso saber de uma ultima coisa



Acho que senti umas ondas de calor e frio ao mesmo tempo quando Augusto me disse isso, de alguma forma sabia muito bem do que ele estava querendo saber.



- A... a criança Elisabeth

Continua..

Por @buuhteodoro

Um comentário:

  1. [AAAAAAAAAAAAAAAAA] ela ta / tava grávida *0*
    quero logo o próximo capituulo !

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Os Segredos e Mistérios de Elisabeth ( 5º Capítulo ) © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!