Papo de menina: Sexo, agora é a hora?

27 fevereiro 2011

No papo de menina de hoje, a Lu, repórter aqui do blog conversou com 4 meninas sobre sexo!

Tumblr_letq53ljpw1qg7gpbo1_500_large

Leia a entrevista e tire suas dúvidas.



Patricia Cruz, 16 anos - NAMORANDO

Maitê Laira - 16 anos - FICANDO SERIO

Marilise Dias - 16 anos - NAMORANDO.

Isabela Campana - 15 anos - SOLTEIRA.

Já tiveram a primeira relação sexual?

Paty: Não.

Maitê: Sim. Com o menino que está ficando, 16 anos.

Marilise: Sim, com o primeiro e atul namorado, com 16 anos.

Isa: Não.

Os pais de vocês sabem que já tiveram ou não relações sexuais?

Paty:
Não, porque eu não tive.

Maitê Laira: Os meus ainda não , porque foi essa semana e ainda não tive coragem para contar.

Marilise Dias: Não,minha mãe desconfia.

Isabela Campana: Eles sabem que sou virgem.

Já sentiram vontade de fazer sexo antes mesmo de acontecer?

Paty: Já senti vontade.

Marilise Dias: Sim.

Maitê  Laira: Sim, eu ja senti.

Isabela Campana: Sim.

Ja tentaram forçar vocês antes de estarem preparadas pra que acontecesse?

Isabela Campana: Não.

Marilise Dias:
Não.

Paty: Não.

Maitê Laira: Nunca me forçaram porque eu sempre coloquei limites.

O que acham dessa meninas com mais ou menos 12 anos estar perdendo a virgindade cedo?

Paty:
Independente da maturidade delas, eu acho que 12 é cedo demais.
 
Maite Laira: Eu acho que cada um tem seu momento , mas aos 12 anos voce não sabe bem como tudo funciona , seu corpo ainda é de criança , e muitas delas são forçadas a isso eu acho , porque normalmente são com meninos mais velhos... mas cada uma tem sua maturidade.

Marilise Dias: Concordo com a Maite.
 
Isabela Campana: Eu acho que cada um tem que ter consciencia dos proprios atos, e das consequencias que podem acontecer... se elas estiverem realmente preparadas, sem problemas, porem ainda acho cedo demais, pois o corpo nem está completamente formado.

 E o que pensam sobre as meninas de 14 ou 15 anos gravidas ?

Maite Laira: Acho isso uma completa burrice.. ainda mais no mundo em que vivemos hoje que temos informações em todos os lugares.. elas estragam a vida delas porque são crianças cuidando de outras crianças.. e normalmente acontece com as filhas o mesmo que com a mãe.

Isabela Campana: É a questão da maturidade e resposta pelos seus atos... se elas transaram sem camisinha, é meio lógico que ficarão grávidas né.

Marilise Dias: Eu acho falta de cuidado,mais pode acontecer. se não nos cuidarmos é isso que da! Tem inumeros meios pra isso não ocorrer.

Paty: Falta de cuidado, hoje em dia não tem mais desculpas para se engravidar antes do tempo. Existem vários tipos de métodos anticoncepcionais. Se deixou de usar camisinha por pura irresponsabilidade. A camisinha estourou tem pilula do dia seguinte. Não tem desculpa.

E vocês meninas? Quem ai já teve relações e já contou aos pais?

Comentem!

Entrevista por: @L_miragem

5 comentários:

  1. eu já tive e contei pra minha mãe.. ela me apoiou, me levou no geni e tals *-*

    ResponderExcluir
  2. - eu ja tivi, mais exatamnete nao foi eu que contei pra minha mae,foi a inchirida da minha irma,mais minha mae min chamou eu e meu namorado que hoje temoos 7 meses juntos,eu ja tivi varios namorados mais com nenhum deles eu mante relacoes sexual,foi com esse meu atual agora que eu comecei ate ! ..

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho 14 anos , e eu estou namroando...
    Ontem eu e meu namorado decidimos dar mais um passo !
    Mais sl , eu tenho medo demsl , falarem por causa da minha idade , e tbm a gente so tem 16 dias de namoro ! oq eu fasso ? :(

    ResponderExcluir
  4. Bom, acho que você nao devia dar um passo tão grande em tão pouco tempo. Afinal, você ainda é muito nova e o relacionamento é recente, espere mais um tempo, espere vocês se conhecerem melhor entende?

    ResponderExcluir
  5. Também acho 14 anos muito cedo, muito mesmo. O útero da pessoa ainda não está nem maduro, o corpo em si não está preparado.

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Papo de menina: Sexo, agora é a hora? © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!