Deixe morrer

13 março 2011

 3982934571_100c4e8058_z_large

Sentimentos confusos, razão versus emoção, querer contra poder, e duas pessoas esperando apenas a hora certa de se entregar. Estranho amor esse que não demonstra, não fala e age como se estivesse congelado, difícil hora essa em que nós decidimos nos apaixonar.

Apaixonar, será que nós realmente nos apaixonamos? A dúvida tem fundamentos, se fosse paixão ia ser avassaladora, forte, um não ia viver longe do outro e ficar sem se falar ia ser quase o fim do mundo, mas não é isso que está acontecendo.

Palavras sobrando, sentimentos faltando, difícil, porem real. Duas pessoas julgando estarem apaixonadas, tão banal que as pessoas já se acostumaram. Algum tempo juntos e depois um final não tão feliz. Lágrimas, palavras cuspidas e vontade de matar e morrer.

"Eu te amo muito" parecia real e sincero, mas quanto é muito? É o suficiente para  acreditar que pode dar certo? Não, essa foi apenas mais uma vez em que alguém utilizou três palavras de efeito para dizer uma mentira, mentira essa que fez sofrer e chorar um alguém que não merecia, nunca mereceu.

Agora o jeito é viver e deixar morrer, deixar morrer todas aquelas lágrimas, todos aqueles pensamentos, toda aquela vontade de ter e não poder, toda aquela paixão.

Um comentário:

  1. E o que é amar?
    As pessoas falam tanto em amor, mas mal sabem o significado da palavra.
    Muito perfeito esse texto! Amei!
    Beijos *:

    http://leontynasantos.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Deixe morrer © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!