(in)Certeza

22 março 2011

 Tumblr_lhzdpd5enm1qcb0fbo1_500_large

E dentro de mim começam a se juntar dúvidas e desconfianças dessas estranhas demonstrações de afeto que você insiste em chamar de amor. Palavras carinhosas, sinônimos, e muita, muita falsidade. Um sorriso no rosto, palavras bonitas saindo de sua boca e nenhum brilho no olhar.

Os sentimentos sinceros foram perdidos, levados pelo vento assim como todas as palavras que você insistiu em dizer. Todas aquelas lindas frases eram prontas, todos aqueles abraços eram forçados, e todos aqueles "eu te amo" eram sem amor.

Hoje eu sei que não faz diferença ter ou não você, te amar ou não, até porque, seria loucura. Acreditar no para sempre é como se iludir por alguém que nunca irá aparecer, você só vai sofrer e nada além disso. Os silêncios que antes deixavam tudo subentendido hoje gritam dentro de mim, me lembrando de cada momento em que eu devia ter percebido e não percebi, de cada lágrima que eu havia segurado mas deixei cair.

Meus olhos perderam o brilho, meus sentimentos morreram mas você continua ali, no seu lugar, sem se mover, só ocupando o espaço que poderia ser de um outro alguém, alguém esse que valorizaria muito mais o meu amor, as minhas palavras, as minhas lágrimas e por incrível que pareça as minhas dúvidas.

A questão é, eu não quero ninguém ocupando esse lugar, nem valorizando meu amor, nem minhas palavras, nem minhas lágrimas, e muito menos as minhas dúvidas. Eu posso ficar sem isso, mas não posso ficar sem o seu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desejos de Menina: (in)Certeza © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!