Resenha: A Abadia de Northanger

28 abril 2011


Resolvi dar um tempinho nos livros da Nora e com esse friozinho nada melhor do que um livro "sessão da tarde".Um livro "sessão da tarde" significa sem conflitos psicológicos intensos e sem muita dificuldade com vocabulário,feito simplesmente para relaxar.Jane Austen é simplesmente maravilhosa e antes de falar das grandes obras dela sugiro o mamão com açúcar e mel : Abadia de Northanger.
Catherine Morland é a filha mais velha da família e que até seus 15 anos não possuia nenhum atrativo físico.Mas Catherine aos 17 anos se tornou uma moça linda e passa a frequentar a sociedade em Bath.
Apaixonada por literatura,Catherine inicialmente relaciona tudo que acontece ao seu redor com os romances que tanto adora.Logo conhece Isabella,uma moça de 21 anos que está enamorado de seu irmão,James Morland, e torna-se sua melhor amiga.Em meio a tantas pessoas,Isabella apresenta Catherine aos sofisticados filhos do general Tilney : Henry e Eleanor.
Catherine é pouco inexperiente em reconhecer verdadeiros amigos.Sua beleza torna-se um problema quando surgem pretendentes que a desviam de seu verdadeiro interesse por Henry Tilney.
Em meio a tantos personagens,a trama começa quando o general Tilney convida Catherine para passar algumas semanas em sua residência.A Abadia de Northanger é o cenário ideal para um romance cheio de drama e suspense.Catherine levada pelo espírito aventureiro decide aceitar o convite do general e parte para a famosa Abadia.
O que ela vai descobrir é que a realidade é muito diferente da ficção quando se trata de revelar o passado.Catherine precisa tomar cuidado para não deixar que suas leituras fantasiosas a impeçam de perceber quem são seus verdadeiros amigos.
O diferencial do livro é que ele é acima de tudo uma comédia que Jane fez sobre a sociedade de sua época.As moças de sua época fantasiavam muito e Jane sendo uma moça de opinião e senso de humor decidiu escrever de forma sutil sobre os ridículos raciocínios de algumas damas da alta sociedade.Catherine é apenas um pouco ingênua,mas de muito caráter.
Muitas vezes somos um pouco Catherine quando deixamos que "amigos" vejam e julguem uma situação por nós.Você vai se encantar com o amor secreto entre Catherine e Henry.Prometo um final bonito e épico como todo bom romance do século XIX.

Esse é especialmente para relaxar em meio as provas e compromissos da semana.
 
Boa leitura!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desejos de Menina: Resenha: A Abadia de Northanger © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!