Resenha: O Jardim da Meia Noite

24 maio 2011



Tom Long está chateado.Seus planos de verão foram frustrados por causa de uma quarentena de sarampo que o obriga a sair de casa e deixar seu jardim onde pretendia passar suas férias.
Tio Alan e tia Gwen podem ser de certa forma legais,mas moram na mansão da velha senhora Bartholomew que além de ser muito rígida não tem jardim na mansão.Os dias de tédio recheados com comidas calóricas deixam Tom com insônia e cada vez mais mal humorado com as regras dos tios que não o permitem nem tocar nos objetos do hall da mansão.
Em uma das noites em que Tom tem uma discussão com o tio,as horas passam lentamente e, entediado como de costume,Tom começa a contar as badaladas do relógio de pêndulo que fica no hall.O relógio marca 13 badaladas,o que deixa Tom curioso.Mas ao olhar no mostrador do relógio,vê que não tem hora nenhuma marcada.
Quando Tom olha ao seu redor ele vê uma mansão muito diferente da que vive durante o dia.O hall está cheio de artigos de luxo e pessoas que parecem pertencer a outra época,mas que não notam sua presença.É a família Melbourne,composta por três filhos : Hubert,James e Edgar.Apesar dos esforços de Tom em fazer amizade com o mais simpático deles,James, apenas a priminha Harriet o vê.E no lugar de um aterro abandonado,surge um enorme jardim que some depois da 13º badalada junto com todos os outros moradores da mansão.
Tom entra em contradições a respeito da existência daquelas pessoas e da sua própria.A cada noite ele passa a 13ª hora no mundo de Hatty,que cresce a cada dia mais com os primos e Tom continua com a mesma idade.
Tom se vê apaixonado por Hatty,mas também vê que o primo James nutre um amor por ela e a protege da mãe que despreza a garota.Cada dia Hatty fica mais bonita e mais velha.Não é mais uma criança que pode ficar o dia no jardim "sozinha" e precisa conhecer o mundo.
Nas horas "reais" Tom se vê cada vez mais próximo de voltar para casa e luta contra o tempo para descobrir se Hatty e o jardim são reais.O livro é um clássico moderno da literatura inglesa e o final é maravilhoso.

Um comentário:

Desejos de Menina: Resenha: O Jardim da Meia Noite © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!