Resenha: Orgulho e Preconceito

13 maio 2011



Entre o Céu e a Terra existem muitas coisas.Na literatura as séries de vampiros e anjos são as de maior sucesso atualmente,mas como meninas inteligentes e interessantes é sempre bom sair do senso comum e ter um diferencial.Toda menina busca sua individualidade,seus sonhos e desejos.Elizabeth Bennet vive em um tempo que todas essas coisas só podiam ser alcançadas de uma única forma : casamento.A familia Bennet é composta por cinco belas filhas : Jane , Elizabeth , Lydia , Kitty e Mary.Enquanto todas pensam com intensidades diferentes em arrumar um marido , Lizzie não acredita que possa existir um homem que seja o que ela busca.
A mansão vizinha a família Bennet é ocupado pelo simpático sr. Bingley que logo se encanta pela mais bonita das irmãs,Jane.O sr. Bingley se muda para região e trás consigo suas duas irmãs,o cunhado e seu melhor amigo o sr. Darcy.
Os Bennet não possuem dinheiro para que cada filha possa ter um dote apropriado e com a morte do sr. Bennet a casa ficará para o parente homem mais próximo : o sr. Collins . Lizzie reconhece todas as dificuldades que existem por não ter dinheiro,mas recusa-se a casar com o sr. Collins apenas para ter segurança financeira.
O sr. Darcy é sem dúvida um homem elegante e imensamente rico,mas tão orgulhoso que Lizzie o despreza totalmente e jura jamais sentir qualquer interesse por ele.Com a chegada do sr. Wickham junto com uma mílicia de soldados, Lizzie é envolvida por uma série de descobertas sobre o caráter do sr. Darcy que a faz sentir cada vez mais desprezo por ele
Mas o que Lizzie não sabe é que em meio aquele orgulho se esconde um homem gentil e tímido que é ardentemente apaixonado por ela devido a sua devoção a família,suas opiniões e seu caráter. Lizzie sempre foi a mais perspicaz das filhas , mas a história mostra que seu preconceito a cega da simples verdade que está diante de seus olhos : nada é o que parece.
O mais interessante do livro é que as dificuldades de se apaixonar no século 19 não são assim tão diferentes das do século 21. Lizzie se deixa levar pelas aparências e por suposições e cada uma de nós muitas vezes fica cega em meio a tantas supostas certezas.
Recomendo o filme também por ser fiel a história original e pelo simples prazer de ver Matthew Macfadyen com seus belos olhos azuis e seu sotaque britânico no meio da chuva confessando seu amor para a maravilhosa Keira Knightley.



2 comentários:

  1. Obrigada por se inscrever seu blog está participando.

    ResponderExcluir
  2. sabia que existe também um mini seriado baseado em Pride&Prejudice? O nome é 'Lost in Austen' e deve ter uns 6 episódios.. A trama é bem legal, vale a pena: uma mulher que AMA o livro, e queria que seu namorado fosse igual ao Mr. Darcy, descobre um portal na casa dela. Pra saber o resto, só vendo :P
    Beeeijos

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Resenha: Orgulho e Preconceito © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!