Resenha: Poderosas

22 junho 2011



Em meio a tantas histórias de amor cheias de lágrimas e personagens maravilhosos,nós todas ficamos um tanto sonhadoras na espera de um John,de um Noah ou ainda de um Edward.Você pode ter 14 anos,um pouco mais,um pouco menos ; mas isso não te isenta de ficar totalmente iludida quando o assunto é amor.Desconfio que a autora devia estar em um momento muito Nicholas Sparks (assim como nós) e resolveu abrir os olhos pra dura realidade: homens como os dos livros,só nos livros.
Logo nas primeiras páginas a autora explica a sutil diferença entre ser poderosa e ser uma típica mal amada que sai falando aos quatro ventos que não existe amor ou qualquer coisa que possa soar pelo menos amargura.Ser poderosa significa ser decidida a respeito de tipo de homem que quer ao seu lado,a sua forma de encara um relacionamento ,o que você vai decidir como limite em homem...e outras perguntas que vão te orientar de maneira prática a não bancar a pessoa de mentalidade inferior no relacionamento.
Ela começa dizendo que toda mulher já foi usada,já se sentiu dessa forma ou que perdeu tempo com alguém que não merecia seu tempo.Se isso não aconteceu com você,com certeza vai acontecer.Se já aconteceu,você pode usar sua experiência para ver onde errou e não errar mais.
De qualquer forma,se um dia você estiver indecisa sobre algum sentimento ou se estiver magoada esse livro pode clarear sua visão de uma forma bem mais eficaz do que uma amiga bem intencionada . A leitura é dinâmica e os exemplos bem práticos com dicas no mínimo úteis.
Para ser lido em todas as fases da vida.Boa leitura!

P.S: o momento "Sparks" foi interrompido pela minha falta de tempo,no próximo post retomamos a coleção ;)

Postado por: Mayara Zaqueo
Mayara Zaqueo Futura designer,ariana,17 anos, aqui no blog posta sobre Livros.

3 comentários:

  1. Já li esse livro, Acho que todas as mulheres deveriam ler também !!

    ResponderExcluir
  2. Já li esse livro e acho que todas as mulheres deveriam ler também.

    ResponderExcluir
  3. Minha amiga começou a ler e achou um absurdo. KKKKK Mas ela é tolinha, dei uma lida por alto certa vez que dormi na casa dela, e parecia a minha própria consciência falando. O caso é que minha pobre consciência as vezes falha quando estou apaixonada. Sou mais inteligente solteira!
    Nunca pensei que fosse admitir isso, mas acho que preciso comprar esse livro pra lembrar quem sou as vezes! hahaha

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Resenha: Poderosas © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!