Apenas deixe ir!

21 julho 2011

Acontece assim: O batom preferido cai na beirada da cama. O sapato perfeito, aquele, de camurça vermelha, bem Prada.. Quebrou naquele encontro perfeito. O tubinho azul-escuro que cai super bem naquelas festas de última hora, não passou da sua cintura. O pneu furou, o óleo que precisava ser trocado, a conta do celular que esquecestes de pagar. E aí que é desse jeito, nem sempre as coisas acontecem na hora, com quem, quando a gente espera. Requer muita paciência, preparo psicológico pra agüentar as surpresas que a vida te apronta.

“Não foi, não era pra ser e fica pra próxima”. Quantas vezes já deixei de sair pra aquela noite das amigas dando essa senhora desculpa? Quantas vezes evitei dar meu numero pra aquele desconhecido com medo de ser um estranho qualquer e depois você para pra pensar: “ué, poderia, quem sabe ser o amor da minha vida.”

E aí a culpa é dos santos. De Deus, de Sto. Antonio de Pádua, de São Longuinho, do coitado do São Pedro que só tem a função de receber reclamações nos domingos de chuva. Parece meio óbvio, reclamarmos das ditas pedras no caminho, mas quando o ‘’destino’’ nos joga situações inesperadas simplesmente não sabemos como lidar. Ao invés de “Porque isso está acontecendo comigo”, porque não um “O que devo doar de mim, para que isso seja resolvido?”, até um “Esse é um sinal para seguir pelo outro caminho” “Devo agir dessa forma”. Pense por outro lado: Se o tubinho não serviu, é porque certamente existiam melhores para tal situação. O batom que cismou em se esconder, não deveria estar apropriado para a noite; entre as outras tantas que não aconteceram, percebe-se que sempre houve um motivo para tal. E atire a primeira pedra quem discordar.

Às vezes, é tudo apenas uma oportunidade pra te preparar pra uma coisa MUITO melhor que vem aí pela frente. O namorado que te largou, a faculdade que não deu certo, o empréstimo do banco que no fim das contas nem saiu. Tudo, absolutamente tudo tem um motivo. Não questione. Não lamente. Siga em frente e aceite o que foi colocado no seu caminho. O que ficou pra trás, morreu lá. O que não deu certo, teve motivos pra não ter permanecido na sua vida. Se morreu no passado, não mereceu participar do seu presente. Muito menos do seu futuro. E lide com a caneta e o papel que a vida te deu de presente. Vá construir sua história com o que há dentro.

Me peguei pensando dessa forma, quando nesses últimos dias, meu HD foi completamente deletado. Por sorte, um amigo havia feito um backup, em março. Metade foi salvo, e outra metade ficaram só nas lembranças. Perdi resenhas, lindos textos que comecei e não terminei, fotos, muitas muitas fotos, vídeos, lembranças. Tanta coisa que deixei ir Mas e daí? Chorei, morri? Não. Sou capaz de refazer tudo, de escrever os mesmos textos. Infelizmente as fotos, jamais conseguirei tira-las novamente. Mas só de ter tais situações na minha memória já é um grande consolo. E o que eu levo disso tudo? O que eu repito pra mim mesma, sempre que necessário:

“Às vezes precisamos fazer uma limpeza. Limpar o armário, a casa, a mente. Liberta-se de coisas velhas, inúteis, que não me acrescentam nada, e só me ocupa espaço. Quando me livro delas, coisas novas chegam. Dou espaço para as boas novas e quase sempre nem percebo.”

Então se a vida te jogou algo de uma enorme responsabilidade, confie. Você é capaz. Se aquele relacionamento não deu certo, parte pra outra. A vida é tão, bela, tão magnífica, e tão breve. Pra que abaixar a cabeça? Aproveite do passado os ensinamentos, as lições e parte pra outra. Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, e se cair; pense pelo lado positivo: pelo menos sabes que reerguer-se é bem mais divertido que a derrota.
Postado por: Alana Monteiro
Alana Monteiro Aquariana, Paraibana e atualmente morando no Maranhão. Flamenguista, pivô, escritora por diversão, ex-intercambista, futura diplomata e colecionadora de livros.

5 comentários:

  1. Eu adoro seus textos Alana Monteiro,ja recomendo o desejos de menina e o seu blog,no meu.. ;*
    www.diferenteu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. ótimo texto. O blog está de parabéns!
    Já estamos seguindo.

    http://www.profanofeminino.com/

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto! O blog está lindo e super diferente... amei aqui! Os posts são super bem elaborados o layout muito bem planejado.
    Muito sucesso pra você e seu blog!
    Estou seguindo, poderia retribuir lá no meu blog?

    Muito obrigada, virei fã!

    xoxo
    www.funandkisses.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Achei lindo! Lindo demais!
    Você escreve belos textos, parabéns :D

    Minha parte favorita (*-*): O que ficou pra trás, morreu lá. O que não deu certo, teve motivos pra não ter permanecido na sua vida. Se morreu no passado, não mereceu participar do seu presente. Muito menos do seu futuro. E lide com a caneta e o papel que a vida te deu de presente. Vá construir sua história com o que há dentro.

    com-toda-sinceridade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. OBRIGADA TODASSSSSSSSSSS =) fico muito honrada com os elogios e comentários.. obrigada mesmo, de coração!

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Apenas deixe ir! © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!