Resenha: A vidente

24 agosto 2011



"Estamos no século XVIII, na Inglaterra georgiana. Como todas as gerações de sua família, Chloe Wherlocke possui habilidades especiais, e o seu dom é enxergar além da visão física. Em 1785 ela prevê a morte de uma mulher que acabara de dar à luz e toda uma trama para atender a motivos escusos. Ao encontrar uma criança abandonada ao lado do corpo da mãe, ela salva o bebê e o cria escondido do mundo. Fazia isso por amor, mas talvez houvesse neste gesto alguma força do destino… Com o passar dos anos, Chloe descobre que o encontro com a criança não havia sido uma simples coincidência e nota, pouco a pouco, um desenrolar de acontecimentos que envolviam todos os membros de sua família, num jogo de traições, mentiras e assassinatos. Consciente de tudo, ela precisa ser rápida para salvar a vida do pai do menino, o conde Julian Kenwood, e avisá-lo que o filho não morreu. Mas, ao se aproximar da família Kenwood, Chloe percebe seu sentimento de proteção por Julian se transformar enquanto a cada momento tudo fica mais perigoso."




Com uma contra-capa dessas,nem preciso dar minha humilde resumida,o livro fala por si só.Então é só correr pra livraria mais próxima. Boa leitura!

Postado por: Mayara Zaqueo

Mayara Zaqueo Futura designer,ariana,17 anos, aqui no blog posta sobre Livros.

3 comentários:

  1. Hum esse livro deve ser bom....
    òtima dica.
    visita?
    http://blog-cherryglamour.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. que bom ter gostado *o* sim é realmente tenso você falar e a pessoa ignorar.

    ResponderExcluir
  3. Deve ser mesmo, to loca para vê.


    bjss


    http://asgarotasdonl.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Resenha: A vidente © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!