Fotografia: 5 dicas para você arrasar nas fotos (parte I)

27 setembro 2011


Oi gente , vu começar a falar um pouco sobre fotografia.Vou começar um curso de fotografia e pensei em da algumas dicas do que eu vou aprender lá . então vou dividir esse posts, e vou postar outros com mais dicas e ajuda como comprar uma câmera e mais outras coisas.
Aproveitem esse primeiro post, espero que gostem.

Dica # 1 – Estudar.
 
Parece simples não é mesmo?
Mas não é.
Para começarmos a entender como é feito um simples retrato devemos estudar além dos grandes nomes da fotografia de retratos, os grandes nomes da pintura.
Dessa forma poderemos entender como a luz projetada caminha e reflete sobre nosso retratado, por vezes evidenciando, por outras ocultando detalhes que se revelam diante de nossa câmera.

Dica # 2 – Praticar. 

Mais simples ainda não é mesmo?
Tire fotos de pessoas, animais, objetos use sua criatividade , comece usando o Photoshop para aperfeiçoa.
Depois tire fotos com zoom , e com movimentos , para sair fotos diferentes.
Pratiquem a fotografia de retratos com o uso do fotômetro.
Se você usa, parabéns. Se não usa, experimente.
Sua fotografia, sua maneira de ver o mundo vai mudar, acredite. 


Dica # 3 – Regras. 

Em minhas primeiras aulas de fotografia, ja aprendi as regras bases. Se as regras forem quebradas,os resultados são fotos com horizonte torto, cortes comprometedores no que se refere à linguagem fotográfica e enquadramentos estranhos.

Sabe aquelas fotos que você precisa virar o pescoço para entender a “mensagem do artista”?
Ou então aquelas fotos onde as diagonais não levam nada a lugar nenhum?
Sem falar nas fotos sem foco onde insistimos em dizer que a mensagem é interpretada de acordo com a intelectualidade de cada observador.
Pode parar de rir e confesse:
Você já fez isso não é mesmo?
Se estiver rindo é um ótimo sinal.
Sua fase (necessária para o aprendizado) de experimentações já passou.
Agora é fotografar corretamente, lembrando que uma boa foto fala por si.
Não precisa de explicações artísticas ou teóricas.
Faça um teste: Selecione 10 fotos de sua obra.
Aplique as regras mais simples:
Regras de Composição:
Ângulos e Planos de Enquadramento, Plano Geral, Plano Médio, Plano Americano
Regra dos terço
Ponto de Ouro
Sentido de Leitura
Diagonais
Acredite, vai ter uma surpresa ao ver que suas melhores fotos estarão dentro de alguma regra que você achou estar quebrando. 


Dica # 4 – Linguagem Corporal. 

Nosso corpo realmente fala.
Portanto é preciso observar a mensagem que o personagem está nos transmitindo ao ser fotografado.
Alguns cuidados básicos em relação à postura do (a) fotografado (a) podem mudar muito o resultado fotográfico.
Vejamos no caso de Retratos de Gestantes:
Postura/Coluna Reta
Por uma questão de física, geralmente as gestantes ao sentarem deixam o corpo se acomodar numa posição onde a coluna não seja muito requisitada.
O resultado disso é uma fotografia onde a gestante ficará “encurvada” para frente.
Como resolver isso?
Simplesmente fique atento e peça que ela fique com a coluna reta, ao menos na hora da fotografia.
Isso não se aplica somente as gestantes, mas para todo tipo de pessoa.
Braços Cruzados
Podemos destacar dois casos:
Defesa e desconforto.
A pessoa de braços cruzados geralmente não está à vontade.
Não está aberta a receber nada que venha de fora de seu perímetro, ou do alcance dos braços.
Portanto uma pessoa assim não irá render boas fotos até que ela esteja totalmente à vontade.
Quando ela colocar as mãos no bolso, ou para trás do corpo, ou até mesmo apoiar-se em algo ela estará bem à vontade.
Pistas Verbais
O Tom de nossa voz é o grande mensageiro de nossas emoções.
A variação de altura e intensidade de voz pode revelar particularidades, que o corpo reeducado pode esconder.
Alguns exemplos:
Voz alta: Pessoa que está no controle, autoritária, intimidadora.
Voz apagada: Sem emoção, timidez, desconfortável na situação.
Voz macia: Conforto, educação, pessoa resolvida emocionalmente, cansaço. 

*Nota: Isso não é uma ciência exata, e os fatores precisam estar relacionados uns aos outros para compor um cenário especifico entre cada situação ou pessoa que você irá fotografar. 



Dica # 5 – Interação com o Personagem. 

Quanto mais a pessoa estiver à vontade com você, melhor será o resultado fotográfico.
Portanto não tenha pressa ao fotografar.
É muito comum a pessoa ficar um pouco “assustada”.
A melhor maneira para passar por isso é conversar com ela.
Investindo tempo nessa etapa, você ganhará rendimento durante o ensaio, pois conseguirá a confiança e proximidade necessária para explorar ângulos e tipos de luz diferentes, sem cansar o fotografado (a).
Fique próximo, mas mantenha a distancia profissional.
Veja, essa é minha maneira de fotografar, e isso se aplica diretamente a sua linguagem fotográfica.
O resultado pode ser visto ao longo dos anos, nas histórias de inúmeras famílias que voltam e continuam a indicar novas famílias para ensaios.
Mas destaco que esse comportamento deve ser uma coisa natural, não crie um personagem.

 

Gostaram das dicas? Comentem!

2 comentários:

  1. Oi , lembra de mim do blog My World? , então vim aivsar que alem do My World , criei um outro blog só que mais pessoal , passa lá e visita !


    http://umarealidadedegarota.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ameiii as dicas de +

    bjss

    http://asgarotasdonl.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Fotografia: 5 dicas para você arrasar nas fotos (parte I) © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!