O começo, do fim!

12 setembro 2011

 
Man-walking-away1_large

Já fazia tempo que tudo não fazia sentido, o eu te amo dito ali, ficará para trás assim como todo o meu, o nosso passado. Estranho eu me surpreender tanto, afinal, fá era de se esperar que o amor acabasse, afinal, se nada dura para sempre, porque com o amor seria diferente?

Foi como tentar segurar areia em meio a ventania, eu te tinha ali, eu sabia que você estava lá, porém, ao olhar para ter certeza, você havia ido, e com você levou tudo que deveria ter ficado, como o meu amor, minhas lembranças e principalmente, meu coração.

Parece que algumas coisas foram feitas para não serem esquecidas, afinal, seu cheiro, seu carinho, seu jeito, seu sorriso, tudo continua aqui, intacto e no que depender de mim, não serão esquecidos, jamais. Porém, cá entre nós, não poderei carregar o passado para sempre, não poderei não te esquecer.

Agora, está doendo, perder alguém assim não é fácil. Perceber que sem querer todo o amor que ali existia acabou, chegou ao fim, sumiu. É, ao meu ver, coisas que juramos ser eternas podem acabar rápido, muito rápido, e como se isso não fosse o suficiente, elas acabam e causam dor.

Mas é ai que percebemos que por mais amor que exista, por mais juras que foram feitas, as coisas mudam, as pessoas mudam e o fim simplesmente começa!

Postado por: Pamella Paschoal
Pamella Paschoal Aquariana, 17 anos, chata, fresca, responsável pelo blog e pelo twitter, cursa o terceiro ano do ensino médio, é viciada em internet e vira blogueira compulsiva nas horas vagas.

2 comentários:

Desejos de Menina: O começo, do fim! © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!