Um brinde, uma dose, um adeus.

01 outubro 2011

302307_105150559593956_100002970380603_37918_886918311_n_large
"Venho aqui oferecer um brinde: aos tolos que me perderam e aos sortudos que me conhecerão."
Aqui estou, mais um dia se passou, e eu continuo pensando em onde você está. Por onde anda, com quem anda... Passado presente esse, que faz questão de sempre me perseguir, mas o assunto de hoje, finalmente deixou de ser você e eu, deixou de ser eu, deixou de ser nós,  o assunto agora é: vocês.

Todos que um dia me tiveram, nem que por alguns minutos, nem que por horas depois de uma balada agitada ou por alguns intervalos escolares. O assunto é você, tolo que não me deu o devido valor, que se achava bom o suficiente sem ao menos ser o suficiente, pra mim.

Agora entendo o que os outros diziam: é muita areia para o caminhãozinho dele, e sim, era. Mas não me importo, ao menos tive a capacidade de fazer uma criança feliz. Agora, vê se cresce, aprende a dar valor, corra atrás, não pise, não esnobe, não engane.

Mulher é coisa séria, não se deve brincar com fogo, ao menos que sua vontade seja se queimar. Menina não é brinquedo, não é boneca, e o coração dela não é circo, portanto, ponha fim em espetáculos que ela não queira assistir, chega de tentar fazer ela te aplaudir. Ela cresceu, ela já não te quer mais.

Hoje ela está aqui, escrevendo para você, por um simples motivo: ela superou, e quer saber, já era tempo, algumas coisas quando não nos fazem bem devem ser esquecidas ou então ignoradas. Sorte a sua se for esquecido, afinal, homem nenhum gosta de levar do seu próprio veneno. E preste atenção, daqui pra frente, trate mulher, como mulher e seja homem o suficiente de fazê-la sentir, caso contrário, corra para bem longe, afinal, mulher com orgulho ferido é quase torcida organizada de time rebaixado, vai pra cima e não quer saber de desculpinhas, ela quer mesmo é atitude!

Mas chega de meias palavras, na verdade, chega de qualquer palavra minha, para você. Cansei de ter que tentar entender, agora basta seguir em frente, e torça, torça pra eu te esquecer.

Por: Pamella Paschoal

2 comentários:

  1. uau! que fofo, adorei, super atitude nas cores parabéns

    ResponderExcluir
  2. Oi, vim aqui por um motivo meio polêmico, esse blog: http://adoradoraapaixonada.blogspot.com/ copiou uns de meus textos e resolvi ver se haviam mais textos plagiados, tem esse seu lá, resolvi vir avisar já que é algo desagradável. Digo plagiado, pois não tem créditos e, duvido que alguém autorizaria um de seus textos publicados sem seus créditos. Se fui precipitada, peço desculpas. Pois bem, era isso...

    E aqui é muito fofo ^^

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Um brinde, uma dose, um adeus. © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!