Como cão e gato

04 fevereiro 2012


- Não tô acreditando que minha mãe tá fazendo isso comigo! Só pode ser brincadeira.
- Mas Lu, ela só quer teu bem e se você pensar bem, nem é uma mudança mesmo. Só ir pra outra escola.
- Mas justo no 3º ano?
- Meu amor, lá é uma ótima escola e se você foi aprovada é porque tem capacidade de estar lá. Eu repeti. Nem vai adiantar muito estarmos em salas diferentes, e é o momento de você se dedicar ainda mais...
Ela odiava ter que concordar, mas ele, como quase sempre, estava completamente certo.
- Você é um porre mesmo, viu!
Ele se aproximou dela e puxou seu queixo para que lhe olhasse nos olhos.
- O unico porre que você toma todos os dias e, o melhor, não te dá ressaca no dia seguinte.
Isso fez com que ela soltasse seu sorriso preferido.
- E afinal, você acha mesmo que eu vou te abandonar, é? Vou te buscar todos os dias na porta da escola pra ter certeza de que...
- Nem continue!
Às vezes, os ciúmes de João Victor ou Victor, como Luciana o chamava, era extremamente irritante. Até porque ela nunca lhe dera motivos para isso e...
- Vamos dar uma volta?
- Só se eu tiver direito a algum tipo de doce.
- Que tal beijinho?
- Meu preferido! - Ela envolveu sua nuca e beijou-lhe com suavidade - Mas só isso não vale...
- Okay, gulosinha haha Vamos tomar um milkshake então.
Caminharam de mãos dadas por um bom tempo até chegar lá. Estava lotado. Fim de férias, afinal.
Quando finalmente conseguiram uma mesa para dois, Victor foi para a fila e Luciana ficou esperando-o à mesa. Estava de costas para a entrada quando lhe chamaram:
- Lu!
Ela virou-se e viu sua melhor amiga, Lorena, vestida com lindo vestido floral acenando, pedindo-lhe que fosse ao seu encontro. Pôs a bolsa sobre a mesa, para guardar o lugar e foi de encontro a amiga. Logo percebeu o porquê de tanta agitação.
- Aquele é o Rick, que eu lhe falei. Não é lindo?
A amiga realmente tinha razão. Um pouco afastado da multidão que circundava a milkshakeria, estava ele - loiro, alto, de ombros largos. Vestia jeans e camisa pólo. Tinha bom gosto, pensou Luciana, tanto ele quanto a amiga.
- Pode ir, depois você me apresenta direito. E divirta-se!
- Pode deixar.
Lorena saiu para o lado do tal Rick, com os mesmos olhos brilhantes de sempre.
Luciana suspirou de felicidade e de esperança, torcendo para que a amiga pudesse encontrar alguém bacana dessa vez. Ficou apreciando a cena - a amiga de mãos dadas com o loirão, em perfeita harmonia - e nem teve tempo de olhar direito enquanto se virava de volta para sua mesa.
Um rapaz acabou esbarrando nela com um copo cheio de suco de laranja.
- Você é cego, garoto?
- Me desculpa, olha eu...
- Da próxima vez vê se olha pra frente!
- Escuta aqui, moça, eu já pedi desculpa porque jamais tive a intenção de sujar a roupa de alguém, agora quem não olha por onde anda aqui é você. Eu estava saindo e você virou de uma vez, nem deu tempo de desviar!
- Era só o que me faltava!
- Se isso muda alguma coisa, peço desculpas novamente.
- Não, não muda. Tô toda molhada.
- Só lamento.
Ele virou-se, jogou o copo vazio na lixeira e foi embora.
- Grosso!!!
- O que foi, Lu?
- Um idiota que derramou suco de laranja em mim.
- Perai.
Victor voltou a mesa, pegou a bolsa e lhe entregou junto com o milkshake, e depois envolveu-a com o outro braço.
- Vamos pra casa.
Com certeza, algo que aquele garoto estúpido não sabia era ser cavalheiro como seu Victor, ela pensou, aquele grosso.

Continua...

Isabela Santiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desejos de Menina: Como cão e gato © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!