Resenha: O símbolo perdido

08 fevereiro 2012


A família de Peter Solomon é em uma palavra , poderosa. Robert Langdon teve Peter como tutor e apesar das desgraças que aconteceram nos últimos anos, a família Solomon continuava inabalável . Uma das características de Peter é que quando ele quer algo nunca ouvia um não, e com Langdon não era diferente. Somente Peter era capaz de pedir a um assistente para que Robert fosse discursar em Washington D.C. , mandar um jato e ainda sugerir uma palestra feita em Harvard a alguns anos atrás. Para Peter Solomon o impossível não existia.Mas quando Langdon chega no Capitólio descobre que caiu em uma armadilha e que Peter foi sequestrado.

Mal'akh , o sequestrador, acredita que a chave para um grande poder protegidos pelos maçons ( sendo Peter o grão-mestre) está em Washington e somente Robert pode desvendar. Mas tudo parece impossível,a tal lenda sugere uma pirâmide e é impossível esconder uma pirâmide em Washington! E porque a CIA está interessada nesse assunto, com um tal papo de Segurança Nacional ? E porque o sequestrador está atrás de Katherine Solomon?

Para as meninas que gostam de um estilo mais aventura ,típico de Dan Brown, vão adorar esse livro que não perde em nada para os já sucessos O Código Da Vinci e Anjos e Demônios. Provavelmente logo teremos um filme novo para assistir. 
 
Boa leitura meninas !
 

Um comentário:

  1. Do Dan Brown a minha irmã tem: O Código da Vinci, Anjos e demônios, Fortaleza Digital, o símbolo perdido, e falta ela comprar ponto de impacto! Adorei seu blog, seguindo!

    meninasapeca-ms.blogspot.com

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Resenha: O símbolo perdido © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!