Inseparáveis - capítulo XIV

02 março 2012

As coisas entre mim e o Dan estavam estranhas. Estava tudo errado, tudo fora do lugar, isso nunca tinha acontecido. Não nos falávamos mais direito, não tomávamos café da manhã juntos, ele não me acordava mais, se sentávamos ao lado um do outro, éramos como estranhos, ninguém falava com ninguém. Ele passava o tempo todo com a Ana Beatriz. A loira milionária. Porque a Aninha isso, Aninha aquilo. Vou sair com a Aninha, vou fazer trabalho com a Aninha. Porque as coisas que a Aninha tem em casa são sensacionais.
Ok, vai lá com a Aninha.
“Não aguento mais ficar longe da Mel, mas ela está provocando tudo isso. Está grudada nesse Felipe 24 horas por dia. Felipe isso, Felipe aquilo. E esse menino é um peste, sem coração, idiota, vai machucar o coração tão frágil da minha princesa. Porque o coração dela, uma coisinha sequer, já é motivo para ficar mal. Ela guarda muito as coisas dentro dela, isso não é bom. Mas se ela prefere ficar com o Felipe, dessa vez vamos ver se ela aprende sozinha. 
Ok, vai lá com o Felipe.” (Daniel)
Passei pelo Dan na hora do intervalo e adivinha com quem ele estava: Aninha.
- Nossa, essa menina é estranha demais né. Fica aí sozinha ou então com aquele Felipe. Eles estão namorando? Acho que ele é demais para ela. Ele todo lindo, charmoso, gostoso e tudo mais e ela esse traste, credo - ouvi Ana Beatriz cochichando para o Dan.
Não fiquei lá para ouvir a reação do Dan, fui até a cantina e peguei uma salada de frutas, a única coisa que eu tinha vontade de comer de manhã.
- Oi linda - Felipe chegou por trás de mim e me beijou.
Retribuí.
“Eles estão namorando?” Veio a pergunta que a Ana Beatriz tinha feito para o Dan.
Nós estávamos? Eu não sabia. Estávamos saindo bem mais, parei de evitá-lo, ele tinha mudado um pouco o jeito depois que conversamos sobre aquele dia no quarto e estava tudo bem.
- Nós estamos namorando? - perguntei.
- Espera - ele disse.
Felipe subiu em uma mesa, pediu atenção de todos e falou:
- Melissa, quer namorar comigo?
Não preciso dizer que fiquei roxa, rosa, azul, vermelha, amarela e todas as outras cores possíveis.
- Sim - respondi e o beijei.
- Agora estamos - ele sussurrou em meu ouvido.
Voltamos para a aula mas o Dan não estava lá. Fiquei preocupada, mas tentei não ligar. Ana Beatriz também não estava. Eles deviam ter ido matar aula em algum lugar.
- Melissa, para a próxima aula, você é a responsável de fazer o resumo do livro lido - o professor avisou.
- Sim, pode deixar - respondi.
A cada aula, uma pessoa era selecionada para fazer o resumo de um livro solicitado. Como eu amava ler, escrever e coisas do tipo, amava essa matéria. E o professor era um amor.
- Quero te levar à um lugar hoje depois da aula - Felipe disse.
- Tudo bem - falei.
- Me espera na saída principal às duas horas - ele disse e saiu.
Fui até o refeitório, almocei, passei no quarto para deixar meus materiais e trocar de roupa e fui. No caminho, não parei de pensar no Dan, na saudade que eu estava dele, na saudade do meu melhor amigo.
Duas horas, eu estava lá. Duas e quinze, nada do Felipe. Duas e quarenta e cinco, nada ainda. Três e meia, resolvi voltar para o quarto.
- Vai sair, Melissa? - Daniel perguntou.
- Eu ia, não vou mais - falei.
- Legal - ele falou e deitou na cama.
Mas na verdade, eu ia. Ia até o cinema. Saí do quarto e bati a porta com tudo.
Chegando no cinema, era o mesmo senhor do outro dia. Ele novamente me deu o ingresso. Eu não sabia como agradecer. Eu não entendia por que ele estava fazendo essa gentileza. Assisti o filme e voltei para a escola, já era de noite. Tomei meu banho e fui dormir.
- Melissa - Daniel me chamou.
- Oi - respondi.
- Não, nada - ele falou.
Não insisti. Eu queria muito saber, mas não insisti.
- Seu namoradinho passou aqui enquanto você estava fora, acho que você terá problemas - ele falou, virou e dormiu.

2 comentários:

  1. To amando essa história,continua Olivia!!*-*
    http://blog-mudancas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nao demora para posta mais um capitulo,estou adorando a historia

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Inseparáveis - capítulo XIV © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!