Inseparáveis - capítulo XIX

17 março 2012

- Oi lindinho - fui bem falsa.
- Então, topa dar uma saída hoje de tarde? - ele fez uma cara de safado.
- Sair? Hoje? Mas para onde? - perguntei.
- Ah, você sabe né… - e fez a mesma cara de quando me chamou para o quarto dele.
Enquanto ele falava, Dan fez um sinal com os olhos para mim, mostrando que tinha um amigo do Felipe só observando tudo.
- Ai, não sei, mais tarde talvez eu apareça por lá então - dei um sorrisinho estilo patricinha.
- Tá, gata - ele disse e veio me dar um beijo, mas eu virei e ele acabou beijando a bochecha.
- Muito bom, Mel, muito bom - Dan falou rindo assim que ele saiu.
- Fica olhando pra ver se ele vai falar com o amigo - falei, já que eu estava de costas.
- Sim, tá indo e parece bravo - rimos.
- Bom, vamos pra aula? - falei.
- Vamos - ele disse.
Dan quase pegou na minha mão pelo caminho, mas lembrou do combinado.
- Desculpa, é que eu sempre tive vontade de sair de mãos dadas com você por aí… - ele disse.
- Mas a gente sempre faz isso, Dan - falei.
- Não como amigos, Melissa - ele falou, sério.
Fiquei com as bochechas vermelhas.
- Que bonitinha - ele riu.
- Para - fiz biquinho.
- Não faz isso, Mel, eu fico com mais vontade ainda de te beijar.
- Então beija - provoquei.
- Mas, mas…
- Beija, não tem ninguém olhando - falei, depois de me certificar que isso era verdade.
- Garota…
- Cala a boca e me beija, Daniel.
Ele fez exatamente isso. Cada beijo era uma surpresa. Cada beijo era melhor. 
- Melissa, você beija bem demais. 
Não respondi, apenas dei mais um beijo nele.
- A aula tá quase começando, vamos? - ele disse.
- Sim, vamos - concordei.
Não preciso nem dizer que fiquei a aula inteirinha pensando no Dan, né?
Triiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim. Amém, o som do sinal era abençoado.
- Vou jogar com os meninos, você vem? - Dan perguntou.
- Vou seguir o Felipe, depois vou pra lá - falei e ele sorriu, concordando.
- Porra, ela não quis, velho. Ela ficou meio indecisa e tal… - Felipe disse ao amigo.
- Só acredito que você ficou com ela se filmar da próxima vez, aí sim, você ganha a aposta.
Ah, então ele teria que filmar? Ótimo. Melhor ainda para o meu plano.
- Eu vou filmar pra você, cara - Felipe falou e saiu, irritado.
Saí sorrindo e fui até a quadra.
- Mel, quer jogar? Tá faltando um - Dan falou.
- Mas eu nem tô com roupa pra jogar, Dan - falei.
- A gente espera 5 minutos, você vai até o quarto e se troca, corre - quando ele estava no ‘a gente espera 5 minutos’ eu já tinha saído.
- Joga muito bem, Melissa - um amigo do Dan disse.
- Obrigada - agradeci.
- Viu? Agora todos esses marmanjos vão ficar dando em cima da minha menina só porque ela joga futebol também, é incrível e etc… - Dan falou no meu ouvido.
- Para com isso, eles não têm chance nenhuma - falei rindo.
Fomos até o quarto, tomei banho e Dan também, sentamos no chão para fazer as tarefas.
- Deixa eu te contar… - falei tudo para o Dan, tudo o que eu tinha ouvido e o que tinha planejado.
- NOSSA MELISSA, VOCÊ É MUITO MÁ - ele disse, se matando de tanto rir.
- Bem feito pra ele - falei, rindo também.
Depois que fizemos as tarefas, ele olhou pra mim, tirou os cadernos do caminho, me deitou no chão e começou a me beijar. Dessa vez ele tentou coisas mais ousadas, tirou minha blusa e começou a abrir meu sutiã.
- Não senhor, eu sou difícil - falei sorrindo e voltei a beijá-lo.

Um comentário:

  1. Muito fofos esses dois,agora só to esperando sobre o que vai acontecer com o Felipe!! :l
    http://blog-mudancas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Inseparáveis - capítulo XIX © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!