Inseparáveis - capítulo XXII

23 março 2012

- Bom dia, Felipe - falei.
Ele estava olhando para baixo e levou um susto ao ouvir minha voz.
- Dormiu bem? - continuei.
Ele não respondeu e tentou sair.
- Nananinanão, mocinho - falei, segurando-o.
- O que está acontecendo aqui? - o amigo perguntou.
- Então, eu só queria te avisar que a noite com o Felipe foi perfeita e que está tudo aqui gravado, ok? - falei.
O amigo fez uma cara de desentendido.
- Não adianta fazer essa cara, eu sei da aposta e ah, a coordenadora também pode ficar sabendo - ameacei.
- Mas… - Felipe começou.
- Mas nada. É bom que vocês não façam mais esse tipo de coisa idiota - joguei a câmera com o vídeo em cima da mesa e saí.
- Porra, guria esperta, tu nem comeu ela então? - o amigo zoou de Felipe.
- Cala a boca, cara - Felipe estava muito mal.
Bem feito. 
- Melissa, você é má, muito má. Eu não queria ser o Felipe - Dan disse.
- Não sou má, sou vingativa quando necessário - falei.
- Mas agora só eles têm a câmera com o vídeo - Dan falou.
- Ou não - dei um sorriso e mostrei o cd que eu tinha gravado.
Nós rimos.
- Vamos pra aula, quero que acabe logo. Amanhã é feriado e eu pre-ci-so voltar pra casa - falei, puxando Dan para a sala.
Inacreditavelmente a aula foi rápida mesmo. Bateu o sinal e nós dois fomos arrumar a mala para passar dois dias na nossa cidade.
- Nem acredito - falei.
- Tá com saudade de tudo, né Mel? - Dan perguntou.
- Demais!!
- Vou lá falar com a coordenadora Paula e avisar da viagem, tá? - ele disse.
- Tá, vou terminar de arrumar as coisas aqui - falei.
Dois minutos depois que Dan saiu, Felipe entrou no quarto.
- Só pra te avisar que você conseguiu tudo o que você queria. Vou mudar de país junto com a Aninha - ele disse.
- Tudo o que eu sempre quis, Felipe? Nunca quis nada, quem queria e não conseguiu foi você - falei, sinceramente.
- Fica com o panaca do Daniel, vocês dois combinam mesmo - ele disse e saiu.
- Você e a Aninha também - falei baixinho.
Sentei na cama e parei para pensar. Pela primeira vez eu tinha feito o que eu realmente achava certo e não estava arrependida.
- Aconteceu alguma coisa? - Dan perguntou assim que voltou.
- Não, nada - menti. 
Ele fez uma cara de quem não acreditava, mas deixou quieto.
- Tudo pronto? - ele disse.
- Tudo, vamos? - falei, animada.
Ele pegou na minha mão e fomos para frente da escola.
- O táxi já deve chegar para nos levar na rodoviária - Dan informou.
Esperamos uns cinco minutos e o táxi chegou. Dan pegou as passagens e embarcamos.
Já estava chegando o final da tarde quando estávamos no meio do caminho. Encostei minha cabeça no ombro do Dan e adormeci.
- DAAAAAAAAAAAAAAAAN - gritei assim que vi uma luz muito forte vindo exatamente na minha direção.

2 comentários:

  1. Aiaia o que aconteceu?
    To adorando!

    Olhos de Diva
    olhosdediva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Postem o proximo episodio! tem dias pra ser postado,quando são?
    - Different_eu

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: Inseparáveis - capítulo XXII © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!