S-A-U-D-A-D-E

14 abril 2013



Sabia que a palavra saudade é pertencente exclusivamente ao português?
Sim, é verdade. Você pode procurar no inglês, por exemplo, mas o máximo que encontrará será algo como missing ou num caso mais específico homesick.
Se a gente for pensar direitinho a saudade é algo realmente difícil de ser definido.
É uma mistura de nostalgia, com a falta de algo que você não pode ter no momento.
É um aperto no coração que, muitas vezes, acaba nos fazendo chorar.
É um sentimento que todo mundo sabe o que é exatamente por sentir, e não por ser algo pré-estabelecido.
É aquela vontade de sair correndo em busca de um abraço, seja de mãe, de pai, de amigo ou namorado.
É aquele aperto que vai sufocando o peito, que vai tirando a vontade de fazer qualquer coisa.
É aquele instante que você deixa de fazer tudo apenas para pensar em alguém ou em algo.
É aquela melancolia que se estabelece em alguns dias específicos, ou em alguns casos, sempre.
É aquilo que vai e vem, sem motivo, razão ou circunstância.
É a ausência que incomoda.
É aquilo que nos prende a certas imagens, memórias, sentidos, ao passado.
Mas também é o que nos dá motivo pra continuar, pra lutar, pra seguir em frente.
Porque mesmo sendo algo extremamente complexo, a saudade foi feita pra ser sentida, e não definida.

Por: Isabela Santiago

2 comentários:

  1. "A saudade foi feita pra ser sentida, e não definida." verdade! Saudade a gente só entende quando sente...

    ResponderExcluir
  2. Nem me fale em saudades =s
    machuca só de ouvir...

    ResponderExcluir

Desejos de Menina: S-A-U-D-A-D-E © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!