Libertar e voar

19 abril 2016


Eu tinha quase certeza de que te deixar partir havia sido um erro, daqueles maiores erros que alguém pode cometer, mas a verdade é que te deixar ir foi a melhor coisa que eu fiz. Não te ter aqui me fez perceber que eu sei viver sozinha, mesmo que ás vezes eu não queira, eu sei. 

Eu sei dormir sem a tua presença do meu lado e sei andar na rua sem sua mão segurando a minha. Eu sei viver minha vida, sem ser a sua vida.

Hoje eu sei que independente de como, eu consigo seguir em frente, que mesmo que os meus passos sejam tortos e que os caminhos que eu irei passar sejam cheios de buracos e pedras no caminho, eu sei seguir sem cair. 

Criei asas e aprendi a voar sozinha, hoje sou mais minha do que qualquer dia nessa vida eu já fui. Crio meus próprios sonhos e vivo eles, saio por aí, desejando o mundo todo de felicidade. Não te ter aqui só me provou o que haviam me falado a muito tempo: vai passar! E realmente, passou.

A ferida já não dói mais, os sonhos já não me deixam tristes, a saudade aparece uma vez ou outra, mas ela só me faz lembrar de como foi bom, mas que passou, que hoje eu sou muito mais eu, graças a você, graças a todas as coisas que você me disse antes de partir. 

Hoje eu sei que não preciso de mais ninguém, hoje eu sei que palavras bonitas somem com o vento. Já não espero mais que alguém tire os meus pés do chão, hoje eu aprendi a voar sozinha e vou te contar, saber voar sozinha é lindo. Aprender a voar sozinha é libertador.

O dia que em que eu finalmente abri minhas asas e voei, voei sabendo exatamente pra onde voltar e voei o mais alto que eu podia voar, porque no fim das contas, a única coisa que importa é aquele momento que você voa tão alto e tão bem sozinha, que já não tem mais medo de cair.

2 comentários:

  1. Amei, e é exatamente assim, o único momento que importa é o momento que você voa auto e esquece o medo de cair. Liberdade, o prazer que todos deviam experimentar.
    Ótimo texto Pamella :)
    Beijão, www.desapegaadri.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri!!

      Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado.

      Beijos

      Excluir

Desejos de Menina: Libertar e voar © 2009 - 2015 - Todos os Direitos reservados
Volte sempre!